31/12/2007

hoje, 31 de dezembro de 2007


image by Estelle Judah

hoje gravo o que escrevo como se fosse o último dia a respirar.
hoje vou-vos contar:

- vivi por oito anos beira à morte num abandono de ninguém explicar

replecto de silêncio conveniente. o silêncio a esperar de quem é civilizado

e louco ao mesmo tempo - vejam lá...

silenciei.

pelos filhos. pela memória do homem que lhes deu o nome e por mim.

(por mim? mentira e, eu não sei mentir!)

louca? sim. não mais que muita gente sou e medicada e tudo, por isso, controlada.

mas hoje vou deixar de tomar os comprimidos (a pílula prateada. ahaha!)

hoje prometo aqui não voltar a pensar em suicídio só para ficar calada.

que se dane quem para aí me atirou (e foram vários!).

um louco não é parvo, desenganem-se. um louco só olha, muitas vezes, frontalmente, o que os de mais tentam olhar de lado por medo - o branco-medo da cegueira.

image by madalena pestana


hoje, agarrando com força um pedaço da terra que te acolheu, meu Homem, e me acolherá, juro:

este ano, poderá ser o último. poderei ir viver baixo a uma ponte pelo que disser ou o que fizer, mas ninguém, nunca mais me calará!

voltarei a ser a mulher que conheceste e amaste - de sempre a sempre - lembras?

então assim será!




(escrito a pensar apenas, ou quase, em Nuno de Bragança)

17 comentários:

madalena disse...

A quem tem a gentileza de me ler, perdoe o tom de testamento - é!

Não há aqui inderectas a ninguém. São todas bem directas e as pessoas envolidas saberão bem quem são e Graças a Deus, conta-se pelos dedos!

O testamento? esse será a maior surpresa que jamais tiveram mas... ficará em notário como deve ser. :)


--------------

Outro assunto, meio a talhe de foice, obrigada ao João Pinto Nogueira por ter realizado um filme sobre Nuno Bragança, um escritor esquecido por muita gente e quanto a mim, grande, e também a quem o patrocinou e aos amigos (todos) que para ele contribuiram.

A todos o meu sincero Muito Obrigada!

Madalena Pestana

Gi disse...

Se 2008 não trouxer aquilo que desejas, pelo menos que te dê o que precisas. Não peças desculpa a ninguém. O espaço é teu . Dizes o que queres. Ninguém te calará lembras? Pois começa por aqui .


beijo

BOM ANO


Gi

(música linda esta da Enya)

aDesenhar disse...

Bons anos 2008/09/10/20/30/50/100

Madalena

"... assim seja"

:)
bj

© Piedade Araújo Sol disse...

Madalena

E para o ano será melhor!

Belo texto!

bom ano de 2008 com muita inspiração!

Metamorfose disse...

Um texto intenso em revolta, que tenhas um Ano Novo cheio de tudo o de bom e que continues a escrever o que sentes, porque é por isso que gostamos de te ler. Feliz Ano Novo. Beijos

della-porther disse...

Madalena

Amiga tão querida...

Se assim não o disseste não eras então a amiga que , tive o prazer imenso de conhecer, e tenho o prazer maior de conviver.

Mulher de raça, de verdade, de carinhos, de palavras.
Orgulho-me de o dize-lo:

- Amiga Minha, tens a minha admiração, carinho e amizade leal, saudável, e a gratidão pela força e pelo apoio nesse tempo de convivência.

Meu desejo é que este Ano seja o seu, melhor em tudo: força, saúde, paz, alegrias e determinações.
Que nossos Deuses a abençoe e mantenha viva essa energia maravilhosa que de você emana, doce como as águas de um rio que não há igual.

Um beijo carinhoso, um abraço bem apertado e afetuoso

de sua afilhadinha mimada (hehehehe)

Emmy Della-Porther

2008 continuamos aqui...

Maria Luar disse...

Que o Novo ano te traga muito amor e coragem para continuares a dizer o que precisas soltar desse coração.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

um vendaval de saúde,
em tempestade
de amizade e carinho,
num mar sereno,
de vagas de benquerenças,
para 2008,
transportadas
no bico de uma gaivota,
<<<<>>>>
aloés de beijos,
desta nazaré, hoje,
linda !!! linda !!! linda !!!
,,,
poetaeusou . . .

aramis disse...

Minha querida Amiga,
Que a tua voz (aquela voz que conheço) nunca se cale nem nunca mais se deixe calar!
Todos nós precisamos de a ouvir nem que seja pela forma escrita...
Madalena, MULHER de RAÇA, de CORAGEM e de LUTA! Muita força para o teu caminho!
A estrelinha que todas as noites brilha no céu e que sabemos que é o "teu" Nuno e também um pouco dos amigos que o adoramos, nos ilumine sempre um bocadinho até ao reencontro. Sobretudo "naquelas" noites da nossa vida...
Beijos muitos para ti e que 2008 seja mesmo, mesmo muito bom!

José Alexandre Ramos disse...

caramba! Fiquei meio tonto...

Sim: Nuno de Bragança não devia ser esquecido!

O filme? para quando? onde exibido? o que é que eu tenho perdido, do nosso desencontro?

respostas para depois.

Beijos e bom ano em 2008, Madalena, grande mulher.

bettips disse...

Amo o que pensas.
Mesmo quando não sei.
Pensa sempre. No ANO que virá que seja manso e sereno para ti. Beijinhos.

jotabloguer disse...

Olá Helena! Era o que faltava ires agora perder tempo com imagens passdas que não fazem mover nada! Simbólicamente este dia serve para enterrar em definitivo as más recordações ou eventos que nos afectaram! Olhar sempre em frente se possível sem comprimidos prateados ou dourados...só com o teu coração valente
Beijinhos e para 2008 continuaremos as nossas lutas!!!
Jorge madureira

jotabloguer disse...

Perdoa, chamei-te Helena, talvez a pensar na de Troia que não se deixava abater!
Para Ti MADALENA, COM LETRAS GRANDES PARA UMA MULHER QUE TEM DE SER GRANDE!
VALE?
Jorge madureira

Fuser disse...

Madalena

Vim brindar nossa amizade, desejar-lhe um feliz Ano Novo e dizer um

Vivas

ao "U OMÃI QE DAVA PULUS"

FELIZ ANO NOVO

A última canção do Novembro é para a amizade.

Beijos
com afeto

Fuser

Era uma vez um Girassol disse...

Minha querida Madalena, envio-te alguma desta boa energia que vim buscar ao Oriente, para te ajudar ainda mais a percorrer o caminho da liberdade e da verdade em que acreditas.
Mesmo sem te conhecer, sei que és assim: forte, corajosa, diferente, GRANDE.
Emocionaram-me especialmente estas tuas palavras e imagino quanto te custou dar esse passo.
Força, muita força!!!!
Para ti, querida amiga, vai um forte abraço.
Que 2008 seja o ano de viragem para ti, com muita saúde e amor.
Beijinhos

aramis disse...

Hoje lembrei-me de ti, passa no Aramis-Cavalgada.

madalena disse...

Muito obrigada a todos pelas palavras e o carinho. Dizem coisas de mim que eu sei não ser mas levo em conta de amizade verdeira.

Tenham um Novo Ano rico em Esperança, Força Renovadora, Paz Interior e sobretudo Saúde. Todos, os que comentaram e os que espreitaram só. :)


Beijos.

PS Não foi a passagem de ano mais feliz da minha vida mas foi das mais libertadoras, acreditem, depois de conseguir fazer este post. Só por isso o Ano entrou bem. :)