19/05/2009

1º passo

"monday-morning-comes-and goes by" -suzi9mm


o murro na mesa não bastou.

romper grilhetas?

nisso feriu os pulsos fracos. de fêmea

que de dor já suportou que baste

- a de parir. sem glórias de ver crias vencer. e outras demais -

estancou. o curso de água

ou deixou ela de o ver escoar no dia a dia.

do rio dos olhos secou-se a liquidez. de tanta poeira ardente nas infinitas e

desertas horas



"Desert Ripples" by Eloren

fechou-os então. para não dormir

alerta. qual gajeiro em mastro real

a quem é permitido só___cegar de tanto sal

sem descansar


sentiu. mesmo sem ver. a náusea da ondulação.

entonteceu.

despenhou-se. no mar.


8 comentários:

bettips disse...

Beijo

(acima, acima gajeiro!)

della-porther disse...

Magda

A força.Para a frente apontará sempre.

Deixo um beijo saudoso às águas deste rio, sem igual.

Feliz Revê-la amiga minha.

com carinho

Emmy Della-Porther

Teresa Durães disse...

sim, um murro para romper grilhetas mesmo ferindo pulsos

pin gente disse...

a crueza da vida!

deixo um beijo

Madalena disse...

Desculpem. Neste momento não sei onde deixei a alegria.

Entendo se fizerem uma pausa nas visitas até que eu volte a soltar rios vivos.

Obrigada.

Bjs.

gabriela rocha martins disse...

prefiro.te em enormes gargalhadas ,mas reconheço a força das tuas palavras quando o riso se afasta por momentos ... e como diz a bettips - acima ,acima ,gajeiro!


.
um beijão ,quemadre!

gabriela rocha martins disse...

não entendes nada ,porque ter.me.ás sempre à perna ,com marés vivas ou caudal normal


( tinha.me esquecido de acrescentar ao anterior comentário )

Madalena disse...

Minha querida quemadre, ainda hei-de soltar essas gargalhadas e inundar de água sonora este espaço. Prometo-me.

Muito obrigada.

Beijo. :)