10/11/2008

terra toda

Storm-Oil On Canvas By Nicoleta Bida


a tempestade há. tem aroma tem cor. vibrações invisíveis

ondulações violentas de ar. azuis-negro no queixume das aves

que se afastam da costa ou da montanha. que se afastam porque

têm outras penas a poupar. sem ter de voar as penas da tempestade

que sentem longe. longe ainda. no odor. porque também vem no vento

o aroma a lágrimas sem sal. pairando. acumulando-se antes de desabarem

em aguaceiro convulsivo. como o choro gigante de um deus muito distante


distante e a aves sabem-no. nós é que não. nós é que esquecemos

que toda a natureza é a mesma matéria cuspida pela mesma boca

no dia da grande explosão. da grande fúria quente desse deus



e se houver uma inspiração. fria. longa. imensa. devorante

que nos sugue para o centro de um infinito bocejo. ao contrário

e deus virar as costas à terra toda. por cansaço de nós?

8 comentários:

O Profeta disse...

Por cansaço ou por desiluzão...?!




Doce beijo e...se calhar conhesce-me bem...

gabriela rocha martins disse...

se a olhar de frente as coisas são como são ,talvez fosse melhor ele virar as costas!!!!!!!!!


.
um beijo ,quemadrinha.

Teresa Durães disse...

sim, cansaço do homem que o ignorou

Helena de Tróia disse...

olá Madalena! obrigada por visitar o meu espacinho. claro que lhe empresto a foto Água, é um elogio e também ganho publicidade! ihihih

Lmatta disse...

Gostei muito
beijos

mateo disse...

Admirável esta descrição da tua tempestade!
E quanto a deus, Madalena, a existir é Deus e, como tal, será que pode cansar-se de nós? Mais fácil nós dele...
Beijo.

bettips disse...

Ficará a água, as águas primeiras.
A tempestade e sempre, nelas.
(fazermos uma barca-ninho?)
B

Madalena disse...

Obrigada a todos, amigas/os

Mateo, que sabemos de Deus? Fizemos um à nossa imagem e semelhança e esperamos dele (caso exista) que se adapte à nossa involução. Verá quem por cá ficar mais tempo. Eu, por certo não. :)

Bettips, a sintonia que me vem quase sempre de ti, é fascinante. Sim. As primeiras águas. De novo.

Só mais uma resposta dirigida: Helena de Tróia você não precisa promoção mas aconselho quem me visita e lê, a visitar o seu blog também.

Mais uma vez, Beijo amigo para as "quemadres" e os outros todos. :)