08/09/2008

renascer. no mar.

sky sea and earth


depois de muito tempo. como se lhe fugisse. fui ver o sítio aonde os rios vão dar.

levei comigo um olhar novo. e todos os contornos foram novos, até o da serra que me viu nascer.


novo. bom é também este regresso breve. como quem chega a casa depois de viajar.


mas as minhas viagens levaram-me a memórias não queridas. ao escuro. ao invernoso desafecto dos rios que me saíram do corpo. como sangue quente.


- lembro ainda - cada vez mais esbatidamente. pudesse eu e esquecia. de vez!


venceram os amigos.


e desaguei no mar. que me acolheu.


é já com um sorriso que hoje escrevo. um sorriso de areia e vento e azul feito.


um sorriso de esperança. a renascer.



foto de madalena pestana


8 comentários:

della-porther disse...

Madel

bem vinda de volta.o olhar mais intenso na bela imagem, o sentir mais emocionante no escrever.

beijos amada amiga

della

Menina_marota disse...

Bem vinda de volta! Esperava o teu regresso com ansiedade!

Deixo-te um abraço carinhoso feliz, pelas palavras de esperança que aqui deixas...

D. disse...

Com precissão, retornas.

D.

Madalena disse...

Obrigada.

Perdoem se ainda não faço visitas. As operações correram bem mas isto era bastante mais complicado que as chamadas "cataratas" e só terei óculos para ler "oficialmente" e se tudo continuar a correr bem, a partir da próxima semana.

Só posso, por isso, ir doseando para não estragar o que foi tão difícil readquirir- a visão. Límpida.

Bjs. :)

bettips disse...

Límpida tu és!
Espero que recuperes o prazer "de ver" que notar, tu notas. Força, menina!
Grata por vires, passar, acenar. Sempre.
Não há rios iguais, sim.
Há correntes que se assemelham. Margens parecidas, compradas, vendidas no leilão de viver.
Bjinhos

mateo disse...

Boa tarde, Madalena!
Após a chuva, o ar limpa e os olhos lavam-se de azul.
Beijo.

PS: Obrigado. Fazias-me falta.

Madalena disse...

Obrigada Bettips e Mateo. Vocês, creio que sabem que também me fazem falta. Ou terei esquecido de dizer?

:)

Perdoem. Sou muito tonta a expressar sentimentos...

Bjs

Mateso disse...

Ver é o acto oficial do olhar interior. O seu é límpido. Logo a correspondência será factual.
Bj.