15/02/2009

carta de Amor? - diz tu.


tudo branco! como neve

tudo frio _______ quando olho em torno da vida

nem o encarnado. ferida _______ avermelha a brancura

o frio é a melhor cura

paraliza_______ mesmo o sangue

estanca a hemorragia

deste amor

a que nem tu _______ dás a carta de alforria

perdida no interdito


escondo o que sei _______ mocho sábio?


ou mulher que morde o lábio

até ponto de sangrar

no desejo desse beijo

que chegou tarde para dar?




" todas as cartas de amor são ridículas/
nã seriam cartas de amor se não fossem, ridículas"


Fernando Pessoa

6 comentários:

della-porther disse...

O Amor mostra o melhor de nós.

um beijo de boa semana.

della

tulipa disse...

Cartas de amor quem já não as escreveu nem que fosse em pensamento!
um abraço
tulipa

Justine disse...

Amor infeliz? O tom frio do azul é tão eloquente, quase tanto como as tuas belas metáforas

claras manhãs disse...

Gosto muito do que conheço dele, pouco.

Amor....

beijinho

Madalena disse...

Obrigada Meninas. :)

As resistentes aos meus silêncios. Estou em mudança de área laboral com o que isso implica de adaptação ou não, veremos.

Ando a sentir-me um bocado "praxada" nesta idade e isso farta.

Mas... ele há Tempo e ele há tempos - Esperemos que os tempos mudem.

Quanto ao Amor, nunca me abandonou. Às vezes desejei isso, como agora.
Mas que sobrava da vida sem amor?

Beijos e... Amem muito e bem.

Felicidades.

日月神教-向左使 disse...

.................................................
.